DiegoMatos_PB.jpg

DIEGO MOREIRA MATOS

Diego Moreira Matos (Fortaleza- CE, 1979) é pesquisador, professor e curador. Graduou-se em Arquitetura e Urbanismo (2004) pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Concluiu mestrado (2009) e doutorado (2014) pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP), na Área de Concentração "Projeto, espaço e cultura". Foi professor substituto do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UFC (2005/2006). Ainda como professor, trabalhou nos programas educativos da Bienal de São Paulo (2011–2013) e em cursos livres no Instituto Tomie Ohtake, no SESC São Paulo e no Centro de Cultura Judaica. Como assistente de curador atuou na 29ª Bienal de São Paulo (2010) e 18° Festival de Arte Contemporânea SESC Videobrasil (2014). Trabalhou ainda no Núcleo de Pesquisa e Curadoria do Instituto Tomie Ohtake (2011–2013). Operou como coordenador do Núcleo de Acervo / Arquivo e Pesquisa da Associação Cultural Videobrasil, colaborando também com o programa curatorial da Instituição (2014–2016). Como curador-chefe realizou a mostra coletiva “Da Próxima Vez Eu Fazia Tudo Diferente” (Espaço Pivô, 2012), “Quem nasce pra aventura não toma outro rumo” (Paço das Artes, 2015/2016).  Em parceria com Julia Rebouças, foi curador da exposição “Entrevendo de Cildo Meireles” (Sesc Pompeia, 2019/2020) e com Priscila Arantes, foi curador da exposição “Estado(s) de Emergência” (Paço das Artes, 2018). Em 2017, organizou com Guilherme Wisnik o livro “Cildo: estudos, espaços, tempo”. Atualmente, vive e trabalha em São Paulo, Brasil. 

Fonte do texto:

DIEGO MOREIRA MATOS. In: Currículo Lattes, 2016. Disponível em: <http://lattes.cnpq.br/6634261899260736>. Acesso em 17 de junho de 2020.

 

DIEGO MATOS. In: UBU Editora, [201-?]. Disponível em: <https://www.ubueditora.com.br/autor/diego-matos.html> Acesso em 17 de junho de 2020.

 

UMA LEITURA CRÍTICA E HISTÓRICA DA OBRA E TRAJETÓRIA DE CILDO MEIRELES. In: Escola da Cidade, 2020. Disponível em: <http://www.escoladacidade.org/curso-livre-2020-leitura-critica-historica-cildo-meireles/> Acesso em 17 de junho de 2020.

 

Fonte da imagem:

DIEGO MATOS. In: Paladar Estadão, [20-??]. Disponível em: <https://paladar.estadao.com.br/fotos/100-melhores-pratos-de-sp,diego-matos,827656>. Acesso em 17 de junho de 2020.